Pombos

Rio de Janeiro, | RJ| Pragas Urbanas | Eliminar pombos | Matar pombos
Lampada dedetização
Aceitamos cartões visa e visa electron
Telefones Dedetizadora | 3559-7300 ou 7861-7527
Bayer

Pular para o conteúdo do site

Dedetização de Pombos

Pombos como vivem

Como vivem

Os pombos domésticos (Columba livia) são originários do continente Europeu, e foram introduzidos na América do Sul por volta do século XVII. Desde então se fazem presentes em grande número nos ambientes urbanos, graças à sua grande facilidade de adaptação e reprodução. Apesar de simbolizarem a Paz, os pombos são considerados pragas urbanas devido a sua característica de serem hospedeiros de diversos organismos que causam prejuízos à nossa saúde. Além disso, os pombos causam danos materiais decorrentes da deposição de suas fezes nos mais diversos tipos de construções, em materiais industrializados, em depósitos de maquinarias, etc.

Os pombos adaptaram-se prontamente a este tipo de ambiente por três razões básicas para sua sobrevivência: Oferta abundante de abrigo: arquitetura urbana de edifícios, monumentos e obras de engenharia apresentam grande quantidade de frestas, beirais e saliências que simulam perfeitamente o habitat natural destas aves em desfiladeiros e penhascos.

Ausência de predadores : a ausência ou o pequeno número de aves de rapina (os principais predadores dos pombos) em área urbana impede o controle natural destas populações possibilitando, ainda, uma maior sobrevivência de animais fracos e doentes que se tornam reservatórios e disseminadores de doenças.

Matar Pombos

Grande quantidade de fontes de alimentação disponíveis : A grande disponibilidade de alimento, seja devido ao lixo e restos de alimento acumulados, seja pela alimentação fornecida pelo homem (através de grãos, farelos, entre outros) contribui para a alta reprodução e também para a manutenção de animais mais fracos e doentes que seriam eliminados naturalmente, caso as fontes de alimentação fossem menores como no ambiente selvagem. Em quatro estudos já realizados em todo o mundo está comprovado que a disponibilidade de alimentação é fundamental para a dispersão da população.

Dentre as doenças transmissíveis pelo pombo, existe a Toxoplasmose (que pode causar cegueira, aborto, e até a morte), a Histoplasmose, a Erisipela, a Salmonelose, a Candidíase e a Aspergilose. Estas doenças são transmitidas ao homem principalmente por vias respiratórias, através da inalação das fezes secas depositadas em caixas armazenadas, no chão, em beirais, em máquinas, ou em qualquer outro local defecado. Outra forma de contaminação é através dos piolhos dos pombos.

Principais doenças transmitidas pelos pombos:

  • CRIPTOCOCOSE – inflamação no cérebro e meninges, ocasionadas por fungos.
  • HISTOPLASMOSE– infecção pulmonar causada por fungos.
  • ALERGIA – desencadeada por penas que contém piolhos, ácaros e pulgas.
  • TOXOPLASMOSE – infecção celular que ataca múltiplos órgãos, ocasionada por protozoários.
  • ORNITOSE – infecção pulmonar.
  • SALMONELA – infecção intestinal, ocasionada por bactérias ( alimentos contaminados ).
  • PSITACOSE – causa dor de cabeça, febre alta, calafrios, ocasionadas por vírus.
  • COCCIDIOSE, CANDIDÍASE, ENCEFALITE, PSEUDOTUBERCULOSE, TUBERCULOSE AVÍCOLA e mais 26 doenças registradas.

Outros Problemas causados pelos pombos:
• Suas fezes ácidas corroem metal, descolorem pedra, apodrecem madeira, danificam superfícies pintadas.
• Suas penas entopem calhas, ralos.
• Em grupo provocam muito barulho.

Outros Problemas causados pelos pombos

Características:

  • Vivem até 15 anos
  • Com 7 meses já se reproduzem
  • Produzem 5 ninhadas por ano
  • Cada ninhada gera 2 filhotes

Combate e Controle

  • Espículas
  • Espiral
  • Fio Tencionado
  • Telas Bloqueadoras
  • Gel Repelente

Barreiras físicas (Espículas) – Consiste na instalação de pontas flexíveis que impedem o pouso da ave devido a situação do material utilizado. Não provocando ferimento à ave.

EspículasEspiral

Fio Tencionado

Telas BloqueadorasGel Repelente

Barreiras físicas (Espirais) - Consiste na instalação de espiral telescópica em aço inoxidável, eficaz ao encontro dos pombos em áreas de pouso, é instalada nos locais com uma variedade de fixadores. Apresenta uma barreira física a aves e pássaros que pousam representando uma plataforma instável de permanência. Não provoca nenhum ferimento à ave. Usos: Beirais, parapeitos, muros, grades e pontos retos e/ou curvos de curta e longa distância.

Barreiras físicasFios Tencionadosempregados em calhas de prédios

Barreiras físicas (Fios Tencionados) - A fixação dos fios se dá nas extremidades por uma base. Estes acessórios podem ser empregados em calhas de prédios, parapeitos, beirais e quaisquer outras superfícies a critério da situação encontrada. Dificulta o pouso das aves. Não provoca nenhum ferimento à ave. Instalação com medidas incorretas e forma errada não dará resultado, a atuação de um profissional nesta instalação é necessária e importantíssima.

Telas bloqueadorasConsistem na vedação de vãos de acessosaídas de tubulações de serviço

Telas bloqueadoras - Consistem na vedação de vãos de acesso em forros de telhado, desvãos, saídas de tubulações de serviço e outros espaços. Os aparelhos de ar condicionado podem ser recobertos com redes de poliuretano em sua parte externa, para evitar a nidificação de pombos nos vãos. Estas redes são praticamente invisíveis, podendo ser utilizadas em janelas de prédios históricos, para prevenir a entrada de pombos. As telas de arame galvanizado de ¾ de polegada têm maior resistência e vida útil do que as telas de plástico, sendo de custo mais elevado.

Gel repelenteConsiste no emprego de substâncias atóxicasforma de gel

Gel repelente - Consiste no emprego de substâncias atóxicas, sem adição de praguicidas ou repelentes químicos, que têm a função de inibir o pouso dos pombos, por causar repelência por irritação de contato.Estas substâncias são em forma de gel, podendo funcionar por períodos determinados pelas características do ambiente. O gel repelente é bastante indicado para parapeitos, vãos de acesso, locais de pouso em fachadas de prédios, grades de aparelho de ar condicionado, estruturas arquitetônicas de alto relevo de prédios de construção antiga e outros.

Veja o Vídeo

Entre em contato, e descreva seus problemas com os Pombos

  • Nome.:
  • Tel . :
  • E-mail.:
  • Como conheceu o site?
  • Mensagem

Cidade onde a pestcontroll conseguiu eliminar Pombos

  • Angra dos Reis
  • Aperibe
  • Araruama
  • Areal
  • Armacao de Buzios
  • Arraial do Cabo
  • Barra Mansa
  • Belford Roxo
  • Bom Jardim
  • Bom Jesus do Itabapoana
  • Cabo Frio
  • Cachoeiras de Macacu
  • Cambuci
  • Campos dos Goytacazes
  • Cantagalo
  • Carapebus
  • Cardoso Moreira
  • Carmo
  • Casimiro de Abreu
  • Comendador Levy Gasparian
  • Conceicao de Macabu
  • Cordeiro
  • Duas Barras
  • Duque de Caxias
  • Engenheiro Paulo de Frontin
  • Guapimirim
  • Iguaba Grande
  • Itaborai
  • Itaguai
  • Italva
  • Itaocara
  • Itaperuna
  • Itatiaia
  • Japeri
  • Laje do Muriae
  • Macae
  • Macuco
  • Mage
  • Mangaratiba
  • Marica
  • Mendes
  • Miguel Pereira
  • Miracema
  • Natividade
  • Nilopolis
  • Niteroi
  • Nova Friburgo
  • Nova Iguacu
  • Paracambi
  • Paraiba do Sul
  • Parati
  • Paty do Alferes
  • Petropolis
  • Pinheiral
  • Pirai
  • Porciuncula
  • Porto Real
  • Quatis
  • Queimados
  • Quissama
  • Resende
  • Rio Bonito
  • Rio Claro
  • Rio das Flores
  • Rio das Ostras
  • Rio de Janeiro
  • Santa Maria Madalena
  • Santo Antonio de Padua
  • Sao Fidelis
  • Sao Francisco de Itabapoana
  • Sao Goncalo
  • Sao Joao da Barra
  • Sao Joao de Meriti
  • Sao Jose de Uba
  • Sao Jose do Vale do Rio Preto
  • Sao Pedro da Aldeia
  • Sao Sebastiao do Alto
  • Sapucaia
  • Saquarema
  • Seropedica
  • Silva Jardim
  • Sumidouro
  • Tangua
  • Teresopolis
  • Trajano de Morais
  • Tres Rios
  • Valenca
  • Varre-Sai
  • Vassouras
  • Volta Redonda
  • Rio de Janeiro
  • RJ
O que você precisa saber para previnir Pombos
Não dar alimentos - Com pouca oferta de alimentos, a população de pombos diminui naturalmente;
Remoção de ninhos - Para limpeza de local com fezes de pombo, umedecer as fezes antes da remoção e utilizar máscara ou pano úmido na boca e nariz;
Educação sanitária - Construir barreiras físicas para dificultar a construção de ninhos e abrigos, repelindo os pombos sem os ferir, matar ou capturar, cumprindo as determinações legais, tornando as estruturas completamente desfavoráveis ao pouso e a formação de ninhos.

Confira outras pragas urbanas

Navegue pelo site